Subcontratação: o desafio da emissão do CT-e de contrapartida pelo terceiro/agregado

Dia 04/12/2017 a Sefaz deu mais um passo no sentido do controle absoluto dos documentos de transporte: será oficialmente desligada a versão 2 do CT-e e mantida apenas a versão 3. Essa nova versão, entre outros itens, valida muito sobre o processo de subcontratação e redespacho. De forma abrupta inibe a “quarteirização” do processo de transporte já na emissão na documentação, e isso vem gerando diversas discussões acerca das novas preocupações sobre a subcontratação. Para entendermos onde estamos pisando, precisamos pensar com a “cabeça da Leia mais… »